Crer

E o chão caiu, fazendo com que o sentimento de angústia apenas se ampliasse, e o cobrisse por inteiro. Já ouvira falar em tal, porém nunca havia experenciado algo parecido. Era como se algumas espadas recém forjadas fossem cravadas em seu peito, e após isso, torcidas em ambos os sentidos. Acreditava verdadeiramente que o amor existia, mas naquele momento o mínimo da razão lhe lembrou que o coração não tinha olhos e também o menor respeito.

Inacreditávelmente continuou crendo. A despeito de tudo o que ouvira até ali, imaginou que talvez fosse questão de tempo a tenra felicidade. Apesar de uma vida em que os extremos seguem dois caminhos solitários, o trilho que os percorre continua sendo um só. E sabia que aquele era insaciável, intenso, muitas vezes decepcionante, mas satisfatório e essencial. E isso ultrapassava todas as outras preocupações.

Não tinha a preocupação de caber no pensamento alheio, e podia ganhar a alcunha ilusória. Menos importância para isso não conseguia estimar. Porque apesar de toda a neblina que encobre o pensamento dos desacreditados, apenas uma crença lhe fazia pensar diferente. Por vezes, recaía e não cria na bondade de outra pessoa. Em outras, acreditava e novamente se via sem esperanças. Tudo isso deixava ainda mais cristalina a esperança de que, de todos os dias de frio, em um sequer, teria o calor de outra alma. A isso nomeava amor. E nele acreditava.

Anúncios
  1. #1 por vinicius em maio 4, 2014 - 18:59

    Era exatamente isso que precisava ler nesse fim de semana!
    Me conforta entrar aqui e ler seus textos!
    Fico muito agraciado com cada palavra que parecem ser direcionadas para mim.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: