Rubi

Vermelha é a luz que se esconde no peito. Clama por ser exposta, mas não.

Se esvai do rubi. Guarda nele o segredo, o rubi bruto, que é tratado no com o tempo.

E faz o escopo do real, mas finge-se. É uma criança que mente e se emburra. Com a menor das ações se alegra. 

São vários os que mensuram seu valor, mas esquecem de saber o seu real.

É ambíguo. Tem cor de sangue, guerra, batalha, e dor. Ao mesmo tempo paixão, amor, e ilusão. 

Provoca, pergunta, declara. Observa, cuida, ampara. Chora e ri.

O rubi se reduz a cada trato. É bruto e volátil.

É ambíguo.

Anúncios
  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: