Arquivo de julho \06\UTC 2012

Começamente

Do fim, por fim, usufruo dos pincéis banhados na tinta preta e rija ao toque no papel.

O passo próximo a que vejo mostra variação de elementos. Juntos, historiam, separados confundem.

Neologismos não permitem, a narrativa não se sabe, o lirismo cada vez morre, e a industrialidade.

Saio, procuro, vejo, anoto. Volto, redijo, escrevo, formulo. Mudam, permitem, censuram, e fecham.

O amanhã dá-me a mão, e me diz “bom começo”. Cordialmente, o começo lhe agradeço.

Finalm….

Começamente.

Anúncios

Deixe um comentário