Os adornos da alma

Muitos adornam a alma. O colar de ouro da má compreensão, enforca a via da erudição. O orgulho lapidado em formato diamântico é a talha intrínseca da humildade. A indiferença é o broche que alfineta o peito dos analfabetos da emoção. A raiva e o ódio são os brincos que martirizam a orelha dos valores próprios e auto-formulados. A audácia é o anel que aponta os erros dos próximos espelhados em si.

A opulência da alma é o carcoma mais transparente dos maus viventes.

Anúncios
  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: