Imagino


Imagino como se fosse real. Imagino cenas, porém as mesmas são queimadas na volta do transe. Imagino pois sei que a faísca é o motivo da explosão de pensamentos. Imagino por saber que viverei-te, e você me viverá. Imagino paz e o Amor que Devora. Imagino os conflitos e seus pontos fracos. Imagino a morte com respeito, buscando conviver com sua ideologia. Imagino o ser com desespero e a cegueira do egoísmo. Imagino os olhos que rodeiam e os sonhos que maquinam os olhares. Imagino a constância. Imagino o constante. Imagino o infinito e a pausa na eternidade. Imagino o fio de ouro e a busca pela perfeição. Imagino a lenda esperando para viver-me. Imagino ajudar e ser ajudado. Imagino sumonar a esperança e enterrar os maus devaneios. Imagino a vida.

Imagino, e assim vou vivendo.

Anúncios
  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: