A Espada e a Pena

Em uma vila pacata e excluída do norte nipônico, onde a cultura e o hábito eram amenos e disciplinadamente aplicados havia um ritual de transição. O mesmo consistia na escolha da profissão cujo o aldeão faria a partir de seus 21 anos e exerceria até o fim da vida em pról da vila e do seu legado.

Não havia restrição alguma na escolha das tarefas, então invariavelmente as opções de afazeres iam se esvaindo. E naquela tarde rósea de Janeiro, quando o sol já se escondia por trás da mais alta roseira da mais alta montanha, um jovem magro, porém audaz fora o último a escolher dentre suas opções.

O mesmo jovem se aproximou do sábio da vila, que tomado pelo êxtase digno de Oráculo de Delfos estava de olhos fechados e sentado num tapete branco, com dois objetos nas mãos. “Pois bem meu jovem, restaram apenas estes dois objetos, cujos quais representam a função que exercerá em pról da nossa vila até o fim de sua vida.” Passou a palma da mão superficialmente por cima dos objetos e então levantando a mão que segurava uma espada, continuou. ” Com esta espada, exercerá a função protetora da vila. Se és brávio e esmero seu nome entrará para a história de nossa vila, e deixará um brilhante legado.”

O jovem o olhava atentamente. O sábio então, levantou a mão que segurava a pena-escriba e disse. “Com esta pena, serás o mais sensato e sábio da vila, se és sedento pelo saber e pela expansão das ideias, terá a prazerosa tarefa de passar a história para os papeis, e dos papeis para nossos filhos, e de nossos filhos para nossos netos… ”
Finalmente o jovem olhou para o sábio e bradou. “Pela bravura e paz, guardarei esta espada em meu coração; Pela sensatez e sabedoria, a pena ficará abrigada em minha mente. SEREI a história. CONTAREI a história.”

E assim o sábio declarou-o o primeiro emigrante da pacata e excluída ilhota. Fora o primeiro que, ao contrário do que imaginam, não saiu da Vila com o ódio e abandono, e sim por amor a si e à expansão de sua alma.

Anúncios
  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: